Páginas

segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Introspecção

Estava cansado
Parei
Ouvi o barulho do mundo
Isolei
Ouvi o país clamando
Concentrei
A cidade resmungava
Aquietei
O bairro ainda falava
Imobilizei
As buzinas me atrapalhavam
Suspirei
Meu corpo ainda mexia
Respirei fundo
E consegui ouvir meu corpo
As batidas do coração
Minha respiração
O sangue bombeando
Senti o calor
E a vida em volta de mim
E já não mais me cansava
Eu era a minha força

Manoel Gonçalves

Um comentário:

Lunna Montez'zinny disse...

Nossa! Acho que eu descobri um lugar para vir e ficar, como se aqui tivesse uma rede para me encostar e ler seus poemas.

Ainda estou esperando sua participação no Coletânea Artesanal.
Abraços